Número de mortes por afogamento cai 54% no litoral de SP durante o verão

Segundo Bombeiros, foram 40 mortes contra 87 em 2010/2011; mais de 2 mil pessoas foram salvas

Estadão.com.br,

20 Março 2012 | 19h30

SÃO PAULO - O Corpo de Bombeiros anunciou nesta terça-feira, 20, queda de 54% no número de mortes por afogamento no litoral paulista durante o verão 2011/2012 em comparação com o mesmo período do ano anterior. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, foram 40 mortes registradas neste verão, contra 87 em 2010/2011.

Segundo os bombeiros, 2.245 vidas foram salvas entre dezembro e o fim de fevereiro, período em que há aumento no número de banhistas no litoral de São Paulo. Ao todo, quase dois mil guarda-vidas atuaram nas 15 praias paulistas.

De acordo com o levantamento, a maior parte dos salvamentos e mortes ocorreu na Baixada Santista: 22 óbitos e 1.154 pessoas resgatadas. No Litoral Sul foram 14 mortes e 640 salvamentos e, no Litoral Norte, 4 mortes e 451 resgates.

Os bombeiros usaram 36 botes, 20 unidades de resgate e salvamento aquático, oito lanchas e um navio, com apoio de sete helicópteros Águia da Polícia Militar nos feriados e fins de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.