Novo titular tem ligação com tucanos e traquejo político

Diante da constatação que a saúde será a peça de resistência da disputa em 2014 entre um anestesista (o governador Geraldo Alckmin) e um infectologista (o ministro Alexandre Padilha), o governo tucano decidiu convocar uma estrela da área médica para assumir a Secretaria da Saúde. Considerado mais combativo que o antecessor (Giovani Cerri), o novo titular da pasta, David Uip, cumpria todos os requisitos exigidos pela circunstância. Diretor do Instituto Emílio Ribas, ele se aproximou do PSDB no fim dos anos 1990, quando tratou do câncer do então governador Mário Covas.

CENÁRIO: Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

06 Setembro 2013 | 02h07

Além dele, Alckmin convocou outra estrela da área, Adib Jatene, para blindar o governo. A ordem é romper a barreira do Mais Médicos e focar o debate no que seria o telhado de vidro de Padilha. "A marca de um gestor não pode ser a propaganda de seu trabalho. Só agora perceberam que falta médico?", diz o deputado Duarte Nogueira, presidente estadual do PSDB.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.