Novo rei no trono!

Tamanho é documento

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2012 | 03h04

No final das contas, o julgamento do mensalão vai ser uma espécie de tira-teima do tamanho do voto de cada um no STF? O ministro Ricardo Lewandowski vai logo avisando que o dele, com 1.300 folhas (uau!), é substancialmente maior do que o do colega Joaquim Barbosa!

Outra pessoa

A calma aparente do técnico Bernardinho na Olimpíada de Londres foi novamente colocada à prova ontem de manhã. O voo comercial que o levaria a São Paulo teve de retornar ao Rio com problemas de vazamento de combustível na aeronave! Segundo passageiros, nos momentos de maior aflição a bordo, o líder da seleção de vôlei serviu água com açúcar às aeromoças.

Basta!

Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, diga ao povo que tanto faz se isso que a Dilma está fazendo é privatização ou concessão. E não se fala mais nisso, ok?

O que faltava

Gilberto Gil foi nomeado embaixador de Salvador na Copa de 2014. Isso quer dizer o seguinte: agora vai!

Foi o primeiro?

Pelos cálculos do torcedor do Corinthians, faltam ainda 99 gols para o 100º contra de Rogério Ceni! Há controvérsias!

É cedo ainda para falar na descarga por e-mail, mas a reinvenção da privada proposta por Bill Gates há cerca de 1 ano já dispõe de três projetos tecnológicos divulgados pelo blog do fundador da Microsoft.

Tem um vaso sanitário movido a energia solar que gera hidrogênio e eletricidade, outro que produz carvão biológico e um terceiro que desinfeta as fezes e a urina recuperando a água limpinha, limpinha.

Como há séculos, literalmente, nada se produz de inovador neste particular das necessidades humanas, o desafio de transformar em recursos úteis o que a gente deleta no banheiro pode significar um salto high-tech inimaginável nos hábitos mais primitivos do homem moderno.

A coisa é séria - quatro em cada dez pessoas sem fralda no mundo não têm um local seguro para se aliviar -, mas quem sabe na aba das pesquisas em curso não se resolve também o eterno drama dos foliões no carnaval, né não?

Sei lá como, mas algo me diz que, no futuro, fazer xixi em desfile de bloco será uma coisa tão simples quanto mandar um torpedo por SMS ou postar uma bobagem qualquer no Twitter.

O banheiro químico, tal qual o conhecemos, está com os dias contados. Graças a Bill Gates!

Programa turístico

Pena que a Olimpíada tenha acabado! Se Quito tivesse anunciado há uma semana a concessão de asilo político a Julian Assange, a vizinhança da Embaixada do Equador em Londres - ao lado da famosa loja de departamentos Harrods - estaria

ontem à tarde fervilhando de turistas querendo fotografar a movimentação de

policiais britânicos e de simpatizantes do WikiLeaks, antes do desfecho imprevisível do caso. Daí a rolar uma 'ôla' seria praticamente

inevitável.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.