Novo nível de poluição fica no papel

As novas regras que criam parâmetros mais rígidos para se medir a qualidade do ar em São Paulo ainda estão no papel. Em 25 de maio, o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) aprovou o maior rigor na análise das concentrações de gases poluentes e de material particulado. Esses novos cálculos deveriam ser instituídos por meio de um decreto a ser publicado pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB), o que não ocorreu até agora.

O Estado de S.Paulo

29 Novembro 2011 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.