Novo incêndio atinge favela do Complexo Alba

Favela foi atingida por outro incêndio em novembro de 2008, quando 30 barracos foram destruídos

14 Janeiro 2010 | 04h18

Moradores da Favela da Rocinha, na Rua da Bandeira, na Vila Paulista, entre os bairros do Jabaquara e Aeroporto, na zona sul de São Paulo, vivem mais um vez momentos de angústia em razão de um incêndio, que teve início às 2h10 desta quinta-feira, 14. Às 3h30 o fogo já estava controlado e havia 17 equipes dos bombeiros empenhadas no combate às chamas.

 

Uma área de cerca de 500 metros quadrados foi destruída pelo fogo. Uma mulher, grávida de 6 meses, feriu um dos pés ao cair no momento em que corria para saber se todos os parentes teriam escapado ilesos. Ela foi encaminhada para o hospital por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Não se sabe ainda o número de barracos destruídos.

 

Outros casos

 

Localizada no Complexo Alba - conjunto de 14 favelas - a Rocinha, a segunda maior, atrás apenas da Favela Alba, foi palco de outro incêndio no final da madrugada do dia 21 de novembro de 2008, quando cerca de 30 barracos foram destruídos. Na ocasião chegou a 21 o total de viaturas enviadas para o local.

 

Em 19 de dezembro de 2009, cerca de 90 barracos foram destruídos na Favela Alba, outra que compõe o complexo de favelas. Naquele dia, participaram do combate ao fogo 73 homens em 23 veículos. Um curto-circuito teria sido a causa do incêndio segundo moradores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.