Novo acesso jogará trânsito da Dutra em área residencial

Moradores temem que obra traga poluição, ruído e problemas estruturais; concessionária analisa ''realocação de alça''

Márcio Pinho, O Estado de S.Paulo

26 Julho 2011 | 00h00

A concessionária NovaDutra está construindo uma alça de acesso que jogará o trânsito da Rodovia Presidente Dutra em uma área residencial do bairro Cidade Jardim Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Ela vai substituir a atual alça que leva os veículos para a Avenida Santos Dumont, onde costuma haver congestionamentos. A obra faz parte da construção de pistas marginais na Dutra, no sentido São Paulo, por 5,6 km.

O novo acesso vai desembocar na altura da Rua Birigui com a Holandesa, que tem sobrados de classe média. Quem sair da Dutra poderá ter de percorrer duas ou três quadras até chegar a avenidas próximas. Outras cinco ruas de mesmo perfil poderão ser afetadas - na dos Agudos há um asilo.

A região da Avenida Santos Dumont é hoje um importante acesso para bairros próximos do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Os moradores do Cidade Jardim Cumbica não ficaram satisfeitos com a alternativa encontrada para aliviar o trânsito. Eles acreditam que o peso dos caminhões vai afetar a estrutura das casas. "São caminhões de 12 toneladas, não há estrutura para suportar isso", afirma o designer Iduvaldo Cabianca, de 51 anos. Ele diz temer especialmente caminhões que transportam cargas perigosas. "Imagine um vazamento de amônia aqui." Ruído e poluição também estão entre as queixas. Já foram recolhidas 500 assinaturas contra o projeto.

Análise. A NovaDutra informou que analisa a "realocação da alça de acesso ao bairro para que sejam reduzidos os impactos na região". O secretário de Transportes e Trânsito de Guarulhos, Atílio José Pereira, afirmou que a prefeitura entrou em contato com a NovaDutra e que a Rua Holandesa não será afetada. A Rua Birigui, segundo ele, será alargada.

De acordo com o secretário, quem sair da Dutra terá de percorrer um trecho da Rua Birigui para chegar à Avenida Santos Dumont. Pereira afirma que as ruas se conectam. A reportagem constatou, porém, que há uma praça no local, e que o motorista que vai até o fim da Birigui tem de voltar por ruas residenciais até chegar à Rua Holandesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.