Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Nove de Julho: o que abre e o que fecha no feriado em SP

Confira o funcionamento dos principais serviços da capital e como ficarão as estradas durante o Dia da Revolução Constitucionalista de 1932

Clara Rellstab, O Estado de S.Paulo

05 de julho de 2019 | 11h56

Feriado somente no Estado de São Paulo, o Dia da Revolução Constitucionalista, que é comemorado em 9 de julho, foi determinado pela Lei Estadual n. 9.497, de 1997, projeto  do então deputado Guilherme Gianetti. 

A data é um chamado “feriado civil”, que dá conta dos feriados declarados em lei federal, os dias do início e do término do ano do centenário de fundação do Município e da data magna do Estado, categoria no qual o Nove de Julho está enquadrado. 

A data celebra a revolta contra o governo de Getúlio Vargas, que assumira o poder em 1930 com um golpe de Estado, derrubando o então presidente Washington Luís e impedindo a posse de seu sucessor. 

O levante, considerado o maior conflito militar do país no século XX, teve início no dia 9 de julho de 1932, e terminou com a rendição do Exército Constitucionalista em 2 de outubro.

Confira o que abre e o que fecha durante o feriado do Dia da Revolução Constitucionalista

Metrô e CPTM

O Metrô de São Paulo sofrerá algumas alterações durante o final de semana e o feriado do 9 de Julho. Três linhas programaram alterações na operação em função de obras de modernização e testes. 

Neste sábado, 6, todas as estações da Linha 15-Prata ficarão fechadas das 4h40 às 14h00 para testes programados no sistema de controle de movimentação dos trens. Durante a interdição, os passageiros serão atendidos gratuitamente por ônibus que circularão entre as estações Vila Prudente e Vila União até a volta da circulação dos trens, às 14h. No domingo, 7, a operação na Linha 15-Prata volta a ser iniciada no horário habitual, às 4h40.

Na Linha 2-Verde, a mudança acontece a partir deste sábado e prossegue até o dia 28 de julho. Os passageiros que embarcam e desembarcam nas estações Vila Madalena e Sumaré precisarão trocar de trem na estação Clínicas para seguir viagem em ambos os sentidos. Entre as estações Clínicas e Vila Prudente, a operação será normal.

Na Linha 3-Vermelha, haverá mudanças na operação no domingo e na terça-feira, 9, Dia da Revolução Constitucionalista. No domingo, a partir das 4h40, a circulação dos trens, no trecho entre as estações Penha e Carrão, acontecerá por uma única via com intervalos maiores entre as composições.  

Na terça-feira, as estações Penha, Vila Matilde, Guilhermina/Esperança, Patriarca, Artur Alvim e Corinthians/Itaquera ficarão fechadas durante todo o dia. A circulação dos trens na Linha 3-Vermelha ocorrerá normalmente entre as estações Palmeiras/Barra Funda e Carrão. Para atender os passageiros no trecho interditado (de Corinthians/Itaquera a Penha), o Metrô irá disponibilizar ônibus gratuitos.

A recomendação do Metrô é para que, tanto no domingo quanto na terça-feira, os passageiros utilizem a transferência gratuita para a Linha 11-Coral da CPTM, na estação Tatuapé, como alternativa em direção a Corinthians/Itaquera.

Ônibus municipais 

 A SPTrans informa que nesta segunda-feira, 8 , e terça-feira, 9, feriado da Revolução Constitucionalista, o atendimento será normal nos postos de venda em terminais de ônibus e no Expresso Tiradentes. Já as lojas (Augusta e Santa Cecília) e os postos da Rua XV de Novembro, Rua Boa Vista, terminais Santo Amaro e Pirituba, que atendem idosos e pessoas com deficiência, estarão fechados.

A frota de ônibus no feriado será 41% da frota operacional em relação aos dias úteis. E na segunda-feira, considerado dia ponte, está previsto 97% da frota em operação. 

Aos domingos e feriados, quem tem o Bilhete Único cadastrado pode utilizar até quatro ônibus diferentes para sua viagem, em um período de oito horas, pagando somente uma tarifa. Desde que o cartão tenha sido pré-carregado da última vez com valor igual ou superior a quatro tarifas de créditos comuns.

Nas primeiras duas horas, o passageiro poderá utilizar o Bilhete Único Comum na integração com Metrô ou CPTM. Nas seis horas seguintes, deverá utilizar somente ônibus, desde que o total de viagens ônibus + metrô/trem não ultrapasse quatro viagens  

Ônibus intermunicipais

Segundo a EMTU/SP,  as linhas de ônibus intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo irão operar com a programação horária de domingo durante o feriado de 9 de julho, que acontece numa terça-feira . 

Na segunda-feira, 8, véspera do feriado, as partidas serão equivalentes às programadas nos dias de sábado. No final de semana, a operação das linhas será a mesma. 

Rodízio

O rodízio de veículos e de veículos pesados (caminhões), será suspenso na segunda e na terça-feira, dia do feriado do 9 de Julho. A previsão é de redução de circulação em razão do feriado da Revolução Constitucionalista.

A Zona de Máxima Restrição de Circulação (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição de Fretamento (ZMRF) vigoram normalmente.

Agências bancárias

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), não haverá atendimento nas agências bancárias em São Paulo nesta terça-feira, 9. O expediente retorna normalmente no dia seguinte.

Durante o 9 de julho, a população pode usar os canais alternativos de atendimento para realizar as operações bancárias - como mobile e internet banking, caixas eletrônicos, banco por telefone e correspondentes.

Poupatempo

O Poupatempo informa que todos os 72 postos do Estado estarão fechados na terça-feira, 9. O atendimento será normal no sábado, 6, e na segunda-feira, 8.

Detran

As unidades do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) em todo o Estado estarão fechadas no feriado. Os postos Poupatempo e o Disque Detran.SP também não prestarão atendimento nessa data. 

Delegacias

Todas as delegacias da capital paulista funcionarão todos os dias, de maneira ininterrupta.

Hospitais 

Os hospitais, prontos-socorros, AMAs 24 horas e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de São Paulo funcionarão todos os dias do feriado prolongado, ininterruptamente.

Comércio e Shoppings

Cada shopping paulistano possui um horário reduzido de funcionamento durante o feriado de 9 de julho. Praça de alimentação, lojas e quiosques possuem horários diferenciados.

Estradas

De acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), o feriado da Revolução Constitucionalista deve movimentar 2,1 milhões de veículos nas rodovias estaduais que saem da capital com destino ao interior e ao Litoral Paulista. São elas Anchieta-Imigrantes, Ayrton Senna, Tamoios, Anhanguera-Bandeirantes e Castello-Raposo. 

As rodovias paulistas sob concessão devem ter tráfego mais intenso já a partir das 13h desta sexta-feira, 5. No sábado, 6, o movimento deve começar a se intensificar logo cedo, às 6h e permanecer carregado até as 22h. 

As concessionárias irão reforçar as equipes de atendimento aos usuários devido ao aumento da demanda prevista para o feriado.

Procon-SP

A Fundação Procon-SP, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado, informa que as audiências, setor administrativo, Ouvidoria, atendimento telefônico (151) e atendimento eletrônico não funcionarão na próxima segunda, 8, e na terça-feira, 9.

O aplicativo do Procon-SP funciona ininterruptamente para consultas e reclamações.

Previsão do tempo para SP

A frente fria de origem polar que avança pelo centro-sul do País e fez com que os termômetros paulistanos despencassem, vai continuar atuando durante todo o feriado prolongado. 

  • Sábado, 6: Máxima de 15ºC e Mínima de 6ºC
  • Domingo, 7: Máxima de 16ºC e Mínima de 5ºC
  • Segunda-feira, 8:  Máxima de 18ºC e Mínima de 8ºC
  • Terça-feira, 9: Máxima de 19ºC e Mínima de 12ºC

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, no final de semana, a mínima pode chegar aos 5ºC. O Climatempo estima que, apesar de não chover, a temperatura vai variar entre os 19ºC e os 5ºC durante o feriado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.