JB Neto/AE
JB Neto/AE

Nove árvores, cinco de grande porte, caem na capital paulista

Três veículos foram atingidos e duas pessoas se feriram, sem gravidade

Ricardo Valota e Bruno Lupion, do estadão.com.br,

09 Dezembro 2010 | 02h07

SÃO PAULO - Nove árvores, cinco delas de grande porte, caíram durante a chuva com rajadas de vento que atingiu diversas regiões da cidade na noite de quarta-feira, 8. Três veículos foram atingidos e duas pessoas se feriram, sem gravidade.

 

Uma das árvores veio abaixo na esquina da Rua Mourato Coelho com a Rua Aspicuelta, na Vila Madalena, zona oeste. Quatro veículos - um Fiat Strada, um Nissan Pathfinder e duas motos - foram atingidos. Apenas o Fiat estava ocupado e o motorista saiu ileso, mas dois passageiros foram encaminhados ao Hospital Iguatemi com ferimentos leves. Diversos fregueses dos bares da esquina ouviram o estrondo e correram para a rua.

 

"Estava tomando cerveja quando ouvi a freada e o barulho da árvore caindo. Todo mundo saiu do bar para ver", disse a advogada Fernanda Ramos, 28 anos. Ela conta que o incidente ocorreu cinco minutos antes da chuva, por volta da meia-noite, quando sopravam rajadas de vento. Segundo a polícia, dois médicos que estavam no bar prestaram os primeiros socorros às vítimas.

 

Praticamente ao mesmo tempo, o vento antes do temporal derrubou outra árvore de grande porte na esquina das ruas Pará e Bahia, em Higienópolis, região centro-oeste da cidade. Um Honda Civic prata teve o capô atingido e o motorista conseguiu sair pela janela do passageiro, sem ferimentos.

 

"Uma parte dessa árvore já tinha caído sobre dois carros no começo do ano", disse Evandro Paixão, 37 anos, segurança de um prédio em frente ao local. Segundo ele, a Prefeitura tirou fotos da árvore, mas não fez podas. "Se tivessem tirado não tinha acontecido isso, para a Prefeitura as árvores estão sempre boas", afirmou.

 

Outra árvore caiu na altura do nº 1.858 da Avenida Leonardo da Vinci, no Jabaquara, levando com ela a fiação da Eletropaulo. A quarta árvore de grande porte, que também arrastou a rede aérea de distribuição de energia, caiu na esquina da ruas Loefgreen e José de Magalhães, região da Vila Mariana, zona sul.

 

Outras duas quedas de árvore foram registradas pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) na altura do nº 1.350 da Avenida Juscelino Kubitschek, no Itaim Bibi, e na Rua Jorge Tibiriçá, na região da Saúde, ambos na zona sul. Segundo a CET, neste dois casos as árvores são de médio porte e não teriam danificado veículos nem a fiação da Eletropaulo.

 

Foram registradas também quedas de árvore na Avenida General Ataliba Leonel, na zona norte; na Rua Campina da Taborda, no Planalto Paulista, e, Rua Bragança Paulista, em Santo Amaro, zona sul.

 

Texto atualizado às 7h30. 

Mais conteúdo sobre:
Chuva, vento, árvores, carro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.