Nova subestação em Interlagos está atrasada

O Ministério de Minas e Energia informou que o início de operação da nova subestação de energia na cidade de São Paulo - Piratininga 2, em Interlagos - está atrasado por causa de problemas no licenciamento ambiental. Segundo o ministério, em 27 de julho 2008 foi realizado o leilão de concessão, com prazo de implementação de 18 meses. A previsão é iniciar a operação em fevereiro de 2012. A nova subestação, segundo o ministério, deve aumentar a "capacidade e a confiabilidade" no suprimento de energia na região atendida pela Subestação Bandeirantes, a que falhou no apagão de anteontem.

Karla Mendes, Renato Machado e Eduardo Reina, O Estado de S.Paulo

10 Fevereiro 2011 | 00h00

A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente informou que a licença ambiental foi emitida em julho de 2010 e vale até 2012. Ontem, bairros da zona sul da capital, de Taboão da Serra e de Embu-Guaçu, na Grande São Paulo, continuavam sem água. O apagão afetou o abastecimento, prejudicando 3 milhões de pessoas. A Sabesp diz que o serviço seria restabelecido entre ontem à noite e hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.