Nova regra para validar Bilhete Único tem início neste sábado

Usuário poderá validar o cartão dentro do ônibus 2 vezes e, para tanto, deve manter um valor mínimo de R$ 9,20

29 de março de 2008 | 09h19

A partir deste sábado, 29, o usuário do Bilhete Único não poderá mais validar o seu cartão dentro do ônibus. A proibição servirá para combater fraudes que, segundo a Secretaria Municipal de Transportes, chegam a acumular prejuízos de até R$100 milhões por ano. Serão permitidas apenas duas validações com pagamento em dinheiro ao cobrador, desde que a última recarga tenha sido no valor de R$ 9,20 ou mais e o cartão esteja cadastrado. Na terceira tentativa, o bilhete não será validado e o usuário perde o direito de pegar outras duas conduções de graça. Pelo telefone 156, o usuário pode conferir quais são os postos de recarga mais próximos de seu trajeto. São 4 mil em toda a Cidade, além de 7 mil postos da Rede Ponto Certo, credenciados pela SPTrans. A passagem não sofrerá aumento de preço e o benefício de utilizar três conduções em duas horas continua em vigor. Segundo a Secretaria de Transportes, o combate às fraudes permitirá manter outras facilidades ao usuário, como o Bilhete Amigão, que permite fazer quatro viagens durante o período de 8 horas, pagando apenas o valor de uma passagem (R$ 2,30), aos domingos e feriados.DICAS   1. Mantenha o cartão carregado 2. Cadastre seu Bilhete Único no site da SPTrans  3. Coloque cargas de pelo menos R$ 9,20 e volte a carregar sempre que usar as duas validações

Tudo o que sabemos sobre:
Bilhete Único

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.