Nova ponte terá ciclovia até o Parque Burle Marx

A Ponte Maynard, que levará motoristas da região de Santo Amaro ao Morumbi, na zona sul, vai receber uma ciclovia de 365 metros de extensão. De acordo com a SP Obras, o projeto foi alterado para levar os ciclistas diretamente ao Parque Burle Marx.

O Estado de S.Paulo

11 de janeiro de 2012 | 03h01

"Ainda estamos estudando como será feita essa ligação, mas, possivelmente, faremos uma alça extra", diz Pedro Pereira Evangelista, diretor de desenvolvimento de projetos da empresa. Segundo ele, a obra ainda permitirá que, futuramente, sejam feitos acessos à ciclovia existente na Marginal do Pinheiros, que corre paralela à linha de trem.

Pelo projeto, a ciclovia começará na Rua Laguna, que será uma travessa da nova Chucri Zaidan. As bicicletas dividirão espaço com pedestres, em uma área com 6 metros de largura, ao longo dos 365 metros.

A Ponte Itapaiúna ficará mais próxima da Avenida João Dias e terá 340 metros de extensão. Ambas terão três faixas e serão construídas da forma tradicional - ou seja, não serão estaiadas, como a Ponte Octavio Frias de Oliveira, sobre o Rio Pinheiros, e a Governador Orestes Quércia, no Rio Tietê. "Não é possível, em função da curvatura das obras." O custo estimado das pontes é de R$ 104 milhões. / A.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.