Nova Jacu-Pêssego é inaugurada, mas acessos em SP ainda serão construídos

Após ter sido adiada por duas vezes, o complexo viário Jacu-Pêssego foi inaugurado na manhã de ontem. A nova via custou R$ 1,9 bilhões e vai cruzar a zona leste de São Paulo, ligando a Rodovia Ayrton Senna ao ABC paulista. O tráfego já está liberado, mas a iluminação ainda é feita por geradores e faltam passarelas para os pedestres.

, O Estado de S.Paulo

17 de outubro de 2010 | 01h00

O governador Alberto Goldman (PSDB) anunciou que a última etapa do complexo- 3 quilômetros ligando Mauá e a Avenida dos Estados - deve ficar pronta em março de 2011. O prefeito Gilberto Kassab (DEM) afirmou que vai construir alças de acesso à nova via - que também funcionarão como retorno - em diversos pontos da zona leste. A Prefeitura já havia afirmado anteriormente que estuda restringir a circulação de caminhões na Marginal do Tietê após o término das obras.

Na solenidade de inauguração, moradores protestaram, dizendo ter recebido pouco pelas desapropriações - segundo eles, 1.500 imóveis foram demolidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.