Nova droga não tem previsão de lançamento

A pesquisa clínica a que Caio vai se submeter está sendo feita pela farmacêutica americana Amgen. O Blinatumomab é uma droga biológica, chamada de anticorpo monoclonal (que age diretamente nas células doentes, preservando as sadias).

O Estado de S.Paulo

24 Novembro 2013 | 02h03

Trata-se de uma classe terapêutica relativamente nova e o seu desenvolvimento é um dos maiores avanços da década no tratamento do câncer. A pesquisa deve terminar em 2014, mas não há previsão de quando a droga chegará ao mercado.

Segundo a assessoria de imprensa da Amgen, o Blinatumomab está sendo testado em adultos desde 2010 e, desde 2012, em crianças. A pesquisa em menores de idade é liderada pela Alemanha, mas há um braço em Roma, na Itália.

Caio está sendo tratado no Hospital Pediátrico Menino Jesus (Bambino Gesù), no Vaticano. Ele tem 4% de células doentes no corpo e vai ter de esperar chegar a 20% para iniciar o tratamento. A partir daí, ele vai receber uma infusão contínua por 28 dias, na tentativa de zerar a doença. Depois, passará por novo transplante no Brasil. / F.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.