Fabiana Guimarães/Divulgação
Fabiana Guimarães/Divulgação

Nova Cidade do Rock começa a ser erguida para festival no Rio

Área de 250 mil m2 onde será realizado o Rock in Rio terá também bares e shopping. E será usada na Olimpíada de 2016

Roberta Pennafort, O Estado de S.Paulo

10 Dezembro 2010 | 00h00

A pouco mais de nove meses do Rock in Rio, começaram ontem as obras de terraplenagem da área de 250 mil m² que abrigará a Cidade do Rock. O terreno, em Jacarepaguá, na zona oeste, fica na frente do local onde foi realizada, há dez anos, a última edição do evento.

O espaço - chamado Parque Olímpico Cidade do Rock -, que vai receber cerca de 700 mil fãs de música nos seis dias de festival, será usado também na Olimpíada de 2016. As obras custarão à prefeitura do Rio cerca de R$ 37 milhões. Outros custos serão bancados por patrocinadores. O investimento total ficará em R$ 90 milhões. O Rock in Rio será realizado de 23 de setembro a 2 de outubro.

Entre os nomes já confirmados para o palco principal estão Red Hot Chili Peppers, Capital Inicial, Metallica, Motörhead, Sepultura, Coldplay e Skank. O elenco deverá ter cem artistas.

Haverá também shopping, montanha-russa e bares. A intenção é que o espaço seja usado não só pelo Rock in Rio, mas para outros shows.

O anúncio foi feito ontem pelo prefeito Eduardo Paes, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, e a vice-presidente do Rock in Rio, Roberta Medina. Quase cem mil ingressos já foram vendidos. Custam R$ 190 e R$ 95 (meia-entrada) por dia. Informações: www.rockinrio.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.