Nota fiscal: já dá para transferir créditos ao IPTU

Os paulistanos já podem solicitar, desde ontem, os créditos do programa Nota Fiscal Paulistana para abater até 100% do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2013. O prazo para o pedido do benefício e indicação dos imóveis a serem contemplados vai até o dia 30.

FELIPE TAU, O Estado de S.Paulo

02 de novembro de 2012 | 02h03

Para o desconto no IPTU 2013, poderão ser utilizados os créditos acumulados até 31 de outubro deste ano. Eles são gerados por prestadores de serviços, como creches, colégios, faculdades, cursos de idiomas, construtoras, academias de ginástica, estacionamentos, cabeleireiros e oficinas mecânica, entre outros.

Para fazer a indicação, é preciso acessar o site da Prefeitura (www.prefeitura.sp.gov.br/nfe) e indicar os imóveis que receberão os benefícios. Mesmo quem é isento do pagamento do imposto ou não possui imóvel (inquilino, por exemplo) pode ser beneficiado pelo desconto. Os créditos acumulados poderão ser usados para pagamento do IPTU de qualquer outro imóvel da cidade indicado, de um parentes ou amigos, por exemplo.

385 mil empresas. No site, também é possível verificar a lista de prestadores de serviços que emitem a Nota Fiscal Paulistana, separados por região e atividade. De acordo com a Prefeitura, aproximadamente 385 mil empresas estão autorizadas a emitir a nota na cidade de São Paulo e mais de 720 milhões delas já foram emitidas desde a criação do programa, em junho de 2006.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.