Nos últimos 11 anos, número de motos aumentou 136%

O grande aumento da frota de veículos da cidade de São Paulo se deve mais ao crescimento explosivo da frota de motocicletas do que propriamente dos automóveis. Entre 2000 e 2010, enquanto a frota de automóveis aumentou 27%, a frota de motocicletas cresceu 136%. O elevado custo da tarifa, a demora das viagens, a superlotação dos ônibus e do Metrô e o crédito fácil explicam o crescimento.

Sergio Ejzenberg, O Estado de S.Paulo

03 Março 2011 | 00h00

É certo que os índices de lentidão continuarão batendo recordes. Conciliar local de moradia e de trabalho, trocar prestadores de serviço distantes por mais próximos (desde o amigo barbeiro até o médico do convênio), comprar em locais próximos, e cada vez mais pela internet, tudo valerá para escapar dos congestionamentos. Muitas dessas pequenas viagens até passarão a ser feitas a pé ou até mesmo de bicicleta.

Por fim, a qualidade de vida na cidade vai piorar, além da perda de tempo em si, consumindo o tempo de dedicação à família, ao lazer e mesmo à cultura. Esse quadro trará como consequência a perda de oportunidades, com os congestionamentos empurrando empresas para outras cidades menos hostis e desestimulando novos investimentos.

ENGENHEIRO, MESTRE EM TRANSPORTES PELA USP E PERITO EM ACIDENTES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.