Noivo é preso após furtar vaca para a festa de casamento

Cerimônia estava marcada para esse sábado e a carne seria servida aos convidados no interior de São Paulo

Rene Moreira, Especial para O Estado

13 de novembro de 2014 | 18h30

FRANCA - Policiais militares prenderam no início da madrugada desta quinta-feira, 13, em Franca (SP), um homem de 28 anos acusado de furtar e abater uma vaca para usar em seu próprio casamento, marcado para este sábado, 15. O flagrante aconteceu no Jardim Guanabara, em um pasto ao lado da rodovia Candido Portinari, onde o suspeito foi visto quando a viatura passava no pontilhão sobre a pista.

Os PMs contaram que estranharam porque o rapaz estava sujo de sangue e tentou se esconder ao ver a patrulha da Força Tática. Quando foi abordado pelos policiais ele se preparava para colocar a carne dentro de uma picape. Um casal que chegou ao veículo garantiu que desconhecia a procedência da carne.

O suspeito, cujo nome não foi revelado - mas que mora no bairro City Petrópolis e é conhecido por "Paraná" - alegou que serviria a carne aos convidados na festa que pretende fazer após a cerimônia do enlace. Ele já havia abatido o animal e cortado em quatro partes quando foi abordado ainda no pasto. A cabeça e as vísceras ele havia jogado em um buraco. 

Levado à polícia de Franca, o rapaz foi autuado em flagrante e não tinha os R$ 2.200 arbitrados de fiança pelo delegado. Diante disso, acabou sendo levado  ao Centro de Detenção Provisória (CDP). Já a carne, por questões de higiene, foi descartada no aterro sanitário.

Tudo o que sabemos sobre:
FrancaSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.