Noiva é pedida em casamento pelo jornal

O empresário Luiz Cutti Júnior, de 25 anos, pediu na sexta-feira a namorada, a publicitária Manuela Fogaça Castilho, de 27, em casamento. Mas de forma inusitada. Era a manhã seguinte ao aniversário de cinco anos de namoro.

Brás Henrique RIBEIRÃO PRETO, O Estado de S.Paulo

21 Setembro 2010 | 00h00

Ele folheou o exemplar de um jornal local e mostrou um anúncio, com nove centímetros de comprimento por três de altura. No texto, pedia Manuela em casamento. O namorado se ajoelhou, abriu uma caixa com uma aliança e fez o pedido formal de casamento. Ela aceitou. Mas, no dia seguinte, Manuela também o surpreendeu, publicando anúncio de resposta, no mesmo espaço de jornal. Agora noivos, ainda não decidiram a data do enlace.

"Eu queria fazer algo diferente e precisava ser criativo, pois ela trabalha na área de criação de uma agência de publicidade", comenta Cutti Júnior, que atua no ramo de alimentação. A resposta veio à altura: "Queria que ele também tivesse uma recordação para guardar." Amigos e parentes gostaram da atitude do casal, que só expuseram seus nomes completos, sem fotos, em publicações posteriores. "Era só para nós", comenta Manuela. Os anúncios, que deixaram leitores curiosos, não foram assinados. Só havia os prenomes.

Cada um gastou cerca de R$ 200 pelos anúncios. Agora, ele deve terminar de pagar um apartamento até meados de 2011. Depois vai mobiliá-lo e, se der, completar o ano com o casamento.

Romântico. Ao ser questionado se é romântico, Cutti Júnior afirma que não é "meloso", mas acredita que se deve demonstrar carinho e amor e dar valor à pessoa amada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.