No Twitter, Serra culpa excesso de chuvas pelos estragos em SP

Assim como Gilbeto Kassab, governador defende investimentos feitos e minimiza transbordamento do Rio Tietê

estadao.com.br,

09 de dezembro de 2009 | 15h20

O governador de São Paulo José Serra (PSDB) usou sua página no Twitter para comentar o caos que São Paulo viveu com as chuvas de terça-feira, 8. Assim como o prefeito Gilberto Kassab (DEM), ele culpou o tempo pelos estragos e defendeu os investimentos antienchentes do Estado.

 

Veja também:

linkChuva de ontem foi a maior em pelo menos 10 anos, diz CGE

linkKassab deixou de investir R$ 353 mi contra enchentes

linkPlano de governo de Kassab não deu atenção a enchentes

especialEspecial: as principais enchentes dos últimos dez anos

especialMapa multimídia localiza pontos alagados na cidade

mais imagens São Paulo vira Veneza, a cidade submersa

 

"Foi a chuva mais intensa em um dia na Capital, desde março de 2006", escreveu o governador. "Nos oito primeiros dias de dezembro, choveu 143,1 mm, o que equivale a dois terços do previsto para todo o mês". Serra também destacou o fato do transbordamento do Rio Tietê na terça-feira ter sido o segundo desde a conclusão das obras de aprofundamento da calha, em 2006. O transbordamento anterior aconteceu em 8 de setembro deste ano.

 

Na terça-feira, o Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee), órgão vinculado à Secretaria de Saneamento e Energia do Estado, disse que os alagamentos das Marginais do Tietê e dos Pinheiros foram reflexos de problemas de manutenção em bombas hidráulicas. Sete pessoas morreram em deslizamentos de terra ao longo da Capital e Grande São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
SPchuvas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.