No RS, seca deixa 36 cidades em emergência

A estiagem prolongada levou 36 municípios do Rio Grande do Sul à situação de emergência desde o início de dezembro. A maior parte - 25 deles - fica no norte do Estado. Outras 20 prefeituras emitiram Notificações Preliminares de Desastres Naturais (Nopred). A região deve sofrer perdas na produção de grãos e leite. Lavouras de milho plantadas em setembro também podem ter as safras abaladas se a estiagem persistir. No Vale dos Sinos, na Região Metropolitana de Porto Alegre, choveu no fim de semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.