No Rio, governo nega fraude

No Rio, profissionais das Secretarias Estaduais de Saúde e Segurança negaram que haja qualquer manipulação nas estatísticas de criminalidade. A denúncia partiu do economista Daniel Cerqueira, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Segundo ele, o governo do Rio divulgou redução de 28,7% nos homicídios no Estado entre 2007 e 2009, enquanto dados do Sistema Único de Saúde (SUS) indicam aumento nas mortes. "A comparação é descabida, porque cada órgão usa dados de origem diferente", afirmou a subsecretária de Estado de Vigilância em Saúde, Hellen Miyamoto.

FÁBIO GRELLET / RIO, O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2011 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.