No Recife, explosão de cilindros fere 7 na frente do zoológico

Uma explosão de cilindros de gás deixou sete pessoas feridas na tarde de ontem na Praça de Dois Irmãos, na frente do zoológico do Recife, na zona oeste da cidade. Duas das vítimas, um homem de 42 anos e outro de 19, tiveram as pernas amputadas. Eles vendiam balões e usavam os dois cilindros para enchê-los.

ANGELA LACERDA, RECIFE, O Estado de S.Paulo

13 Outubro 2012 | 03h02

Segundo os bombeiros, pedaços dos equipamentos foram lançados a uma distância de 37 metros com a detonação.

"A explosão foi coisa de outro mundo. Parecia zona de guerra", contou Samuel Cevidanes, estudante de Medicina que ajudou nos primeiros socorros. "A primeira coisa que eu senti é que haveria vítimas, pelo impacto e pela quantidade de gente que estava aqui na hora." O zoológico estava cheio por causa do feriado e do Dia da Criança.

As duas vítimas graves foram levadas em estado grave ao Hospital Getúlio Vargas, no bairro do Cordeiro, onde passaram por cirurgia. Outros três homens que se encontravam no local, com 37, 24 e 17 anos, tiveram queimaduras de primeiro e segundo graus e foram atendidos no Hospital da Restauração, no bairro Derby. Eles estão bem e um já foi liberado.

Perícia. A área da praça foi interditada pelo Instituto de Criminalística (IC), que está investigando as causas do acidente e de quem foi a responsabilidade. Peritos recolheram pedaços dos cilindros para determinar qual gás estava dentro dos equipamentos que explodiram.

Mesmo com o incidente, o zoológico manteve ontem funcionamento normal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.