No metrô, exposições retrôs trazem de fotos a jukebox

Até o dia 28, passageiros podem ver mostra sobre fotografia na Estação Paraíso e pedir músicas na Corinthians-Itaquera

O Estado de S.Paulo

15 Março 2013 | 02h06

Até o fim do mês, usuários do metrô paulistano podem se divertir com atrações vintage. Na Estação Corinthians-Itaquera (Linha 3-Vermelha), foi instalada uma jukebox (máquina de música) com sucessos que marcaram época desde a década de 1960. Na Paraíso (1-Azul e 2-Verde), o destaque fica para a fotografia, com direito a uma cabine retrô de fotos instantâneas.

"Nossa preocupação foi trazer ao público um panorama da evolução tecnológica na comunicação", conta Sandra Theodozio, coordenadora da ação cultural do Metrô. Tanto a jukebox quanto a cabine foram contratadas de empresas especializadas em artigos antigos.

A Estação Paraíso ainda traz, em um extenso painel, a linha do tempo do desenvolvimento da fotografia. Os visitantes podem ver modelos clássicos de câmeras - como Leica, Kodak e Polaroid - até o mundo contemporâneo dos equipamentos digitais e do compartilhamento em redes sociais, como Instagram.

Também é mostrado como funciona uma câmera analógica e o processo de revelação fotográfica. Apesar de retrô, a cabine instalada para fotos instantâneas - comporta quatro pessoas por vez, até o dia 28, de segunda a sexta-feira, das 14h às 19h - possibilita que as imagens sejam colocadas nas redes sociais. "Assim, juntamos história e modernidade, deixando a atração próxima do dia a dia das pessoas", contextualiza a coordenadora Sandra.

Canções de época. Já a exposição na Estação Corinthians-Itaquera mostra a evolução dos modos de reprodução da música. O percurso vai do gramofone ao MP3, com destaque para os vinis, as fitas cassete e os CDs.

A jukebox traz um extenso repertório de músicas de sucesso, divididas por décadas. Entre os sucessos mais pedidos pelo público, estão Quero Que Tudo Vá Pro Inferno (de 1965, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos) e Stayin' Alive (do grupo Bee Gees, hit de 1977).

Mas também há muitos que preferem os artistas contemporâneos, como as cantoras Amy Whinehouse, morta em julho de 2011 (com a canção Rehab, de 2006), e Lady Gaga (com Poker Face, de 2008). A jukebox também fica na estação até o dia 28 e pode ser acionada de segunda a sexta, das 11h às 20h. / E.V.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.