No lugar de sachê, infusor divertido

Acessório se espalha pelas lojas da cidade, em formatos que incluem de robô a animais, e vira item de coleção entre jovens

VALÉRIA FRANÇA, O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2012 | 03h07

Na mesa do chá, parece até um brinquedo. O infusor - recipiente que segura a erva dentro da água, como se fosse um sachê - deixou de ser um acessório básico e ganhou design lúdico. Há opções em formato de robô, vaso de planta, pato e até submarino.

Nas lojas especializadas, o acessório virou hit. E atrai um público jovem e descolado, que adotou o ritual do chá, mas deixou de lado as porcelanas e pratarias inglesas. "A hora do chá virou um momento descontraído, uma pausa na correria do dia, que nesse frio ajuda a esquentar e relaxar um pouco", diz a empresária Karina Olsen, de 28 anos.

Todos as tardes, ela se reúne com as sócias na cozinha do escritório. Na mesa, colocam canecas, xícaras antigas e uma série de infusores. "Eu tenho em forma de casa, palito, cesta e coração", conta Karina. "Mas são todos de aço inox." Há modelos feitos de outros materiais, como plástico, silicone e bambu.

A Dr. Oetker, marca de chá, lançou para o inverno dois tipos de infusores, o de uva e de pera, em silicone. O acessório vem de brinde em alguns produtos. Segundo a marca, virou item de coleção de consumidores e acaba muito rápido nos supermercados.

"Com a proliferação das lojas de chá gourmet, o paulistano começou a aprender mais sobre o assunto", explica Paula Simonsen, especialista em chá do Hotel Emiliano. "Muitos já sabem que a erva solta na lata é mais pura que a do sachê, mas precisa de infusor."

Na loja virtual House Rehab, tem um no formato de submarino amarelo ( R$ 57). Mas o hit da temporada é o pato que flutua, produto esgotado em quase todas as lojas. "Foi um sucesso e o importador vai demorar para entregar. Só deve chegar em agosto", diz Silvana Bianca, da também virtual Coré Coré.

Aço inox. "Para quem costuma variar o tipo de chá, o melhor é o infusor de aço inox. O chá gourmet tem sabor forte e o plástico absorve", diz Paula. Na Talchá, o infusor de aço inox de coração sai por R$ 19,50 e o de robô, por R$ 44,90. "Esse dois modelos ainda funcionam como medidores de chá para uma xícara de água", explica Paula.

Para fazer uma quantidade maior, há modelo específicos, como chaleiras de vidro que já vêm com infusor (R$ 56). Existe ainda o vapt-vupt, nome dado a uma espécie de coador, parecido com o de café. A diferença é que o chá só escorre quando sua base toca na borda da xícara.

ONDE:

HOUSE REHAB: WWW.HOUSEREHAB.COM.BR; AMERICANAS: WWW.AMERICANAS.COM.BR; TALCHÁ: SHOPPING JK IGUATEMI: AVENIDA PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK, 2.041,

VILA OLÍMPIA; 2º PISO, TEL.: (11)3152-6744 OU

WWW.TALCHA.COM.BR;

TENMAN-YA: RUA DOS ESTUDANTES, 19, LIBERDADE; TEL.: (11) 3209-9960

OETKER: 0800-7770000

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.