No interior, agente penitenciário leva tiro de fuzil

Um agente penitenciário foi baleado na manhã de ontem quando dirigia um carro da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) na SP-101, em direção ao Centro de Detenção Provisória do Complexo Campinas-Hortolândia. O crime ocorreu um dia após operação do Ministério Público e da Polícia Militar que prendeu 27 líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) na região.

O Estado de S.Paulo

24 Outubro 2012 | 03h03

Antônio Sérgio Pitombo, de 43 anos, estava em horário de trabalho e foi fechado por outro veículo. Tentou fugir, mas criminosos dispararam um tiro de fuzil, que atravessou a lataria traseira e o banco e atingiu suas costas. Um funcionário no banco do passageiro assumiu a direção e socorreu Pitombo. Seu estado era estável.

A polícia vai apurar se o atentado tem relação com as prisões de anteontem. Também não descarta tentativa de roubo do carro da SAP para resgate de presos no Complexo Campinas-Hortolândia. / RICARDO BRANDT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.