No início da Operação Verão, São Paulo tem menos mortos por chuvas

Desde dezembro, 10 morreram; no mesmo período em 2010, Estado contabilizava 43 vítimas

Marília Lopes, Central de Notícias

07 Janeiro 2011 | 14h40

SÃO PAULO - Os temporais que atingem o Estado de São Paulo deixam 10 mortos e 11 feridos desde o dia 1º de dezembro, início da Operação Verão, segundo a Defesa Civil Estadual, No mesmo período na última Operação Verão (2009/2010), os temporais deixavam 43 mortos e 27 feridos em todo o Estado.

 

Veja também:

linkSP tem 12 regiões em estado de alerta para deslizamentos

linkChuva inunda São João da Boa Vista pela 2ª vez

linkChuvas mataram 473 pessoas no País em 2010

blog Acompanhe a cobertura no SP das Enchentes

 

Desde dezembro, 57 municípios foram afetados, 38 tiveram estado de atenção decretado e Mauá, na Grande São Paulo, está em estado de alerta.

 

Atualmente, 22 cidades estão em estado de alerta: Águas de Lindoia, Americana, Atibaia, Campinas, Campo Limpo Paulista, Hortolândia, Itapira, Itatiba, Jarinu, Jundiaí, Limeira, Lindoia, Pedreira, Rio Claro, Socorro, Sumaré, Valinhos, Várzea Paulista, Cubatão, Guarujá, Santos e São Vicente.

 

Segundo o balanço da Defesa Civil Estadual, as chuvas já deixaram 791 desabrigados - pessoas que perderam tudo e precisam de abrigos públicos - e 6.443 desalojadas - que estão em casa de parentes e amigos.

 

Na mesma época na última Operação Verão, as chuvas atingiam 109 cidades e São Luiz do Paraitinga e Cunha decretaram estado de calamidade pública. Além disso, 18 municípios estavam em situação de emergência. Mais de 3 mil pessoas estavam desabrigadas e 15.786 desalojadas.

Mais conteúdo sobre:
chuvas SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.