No governo federal, gestor virou especialista em flagrar corruptos

Doutor em Administração Pública pela Fundação Getulio Vargas (FGV), Mário Vinícius Spinelli, de 41 anos, é funcionário de carreira da administração federal.

O Estado de S.Paulo

19 Janeiro 2013 | 02h05

Em 11 anos na Controladoria-Geral da União (CGU), ele ganhou projeção ao consolidar o Portal da Transparência, uma das atividades do órgão que comanda a Secretaria de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas.

Além de dar palestras e aulas sobre combate à corrupção, ele escreveu o livro Corrupção: Ensaios e Críticas.

Na CGU, também implementou o Observatório de Despesas Públicas, unidade que atua como uma malha-fina de operações. Técnicos do setor são responsáveis por desenvolver sistemas para detectar irregularidades em áreas sensíveis, como as de emissão de passagens e repasse de diárias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.