Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo

No Dia de Finados, governo de SP faz homenagem às vítimas da covid-19 com ‘minuto de sirene’

‘Não ficamos apenas com um minuto de silêncio’, disse o secretário de Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn, afirmando que o ato deveria ‘tocar bem alto no coração das pessoas’

João Ker, O Estado de S.Paulo

02 de novembro de 2020 | 13h47

O governo de São Paulo aproveitou o Dia de Finados nesta segunda-feira, 2, para prestar sua homenagem às quase 40 mil vítimas da covid-19 no Estado com um "minuto de sirene" pelo centro da capital. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, 32 ambulâncias foram acionadas às 12h, no entorno do Largo do Arouche.

"Não ficamos apenas com um minuto de silêncio, nós colocamos as sirenes para soarem bem alto no coração das pessoas para elas se sensibilizarem e lembrarem com respeito dos que morreram”, afirmou o secretário de Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn, durante a cerimônia. Ele também aproveitou a oportunidade para defender as medidas de isolamento social, o uso de máscaras e a aprovação de vacinas contra o coronavírus. “Não importa quantas. Precisamos de muitas. É isso o que vai fazer que nós possamos voltar ao normal."

Além do ato, também foram espalhadas faixas pretas com a hashtag “Use máscara” em 16 monumentos históricos da capital. Em nota, o governo lembra que o Estado está oficialmente de luto desde 6 de maio, quando João Doria (PSDB) decretou que o período solene se estendesse até o final da pandemia.

Ao todo, São Paulo já contabilizou 39.331 mortes e 1.117.147 pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.