No 1º fórum digital, processos ainda correm em papel

O primeiro fórum digital de São Paulo ainda não saiu do papel. É bem verdade que as instalações, os juízes e os funcionários estão todos lá, desde 2007. Mas o processo, que era para ser totalmente informatizado, continua sendo entregue em papel, como nos tempos do Brasil colônia. Essa é a realidade do Fórum Regional Nossa Senhora do Ó, na zona norte da capital.

Bruno Tavares, Marcelo Godoy e Rodrigo Burgarelli, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2010 | 00h00

O maior problema é a falta de confiança dos advogados no sistema online de consulta e entrega de petições do Tribunal de Justiça. Um caso emblemático é o do advogado Stefan Vegal Filho: ele leva os textos num pen drive, imprime-os na sala da OAB e protocola as folhas no cartório. Depois, funcionários do Judiciário digitalizam novamente o conteúdo e destroem as impressões. "É melhor fazer isso do que esperar que o sistema funcione. Não dá para confiar", disse.

Para o juiz Alberto Anderson Filho, assessor de Informática do TJ-SP, o problema está na resistência dos advogados em aderir ao sistema. A juíza diretora do fórum digital, Teresa Cristina Antunes, admite os problemas, mas não sabe quando serão resolvidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.