No 1º fórum digital, processos ainda correm em papel

O primeiro fórum digital de São Paulo ainda não saiu do papel. É bem verdade que as instalações, os juízes e os funcionários estão todos lá, desde 2007. Mas o processo, que era para ser totalmente informatizado, continua sendo entregue em papel, como nos tempos do Brasil colônia. Essa é a realidade do Fórum Regional Nossa Senhora do Ó, na zona norte da capital.

Bruno Tavares, Marcelo Godoy e Rodrigo Burgarelli, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2010 | 00h00

O maior problema é a falta de confiança dos advogados no sistema online de consulta e entrega de petições do Tribunal de Justiça. Um caso emblemático é o do advogado Stefan Vegal Filho: ele leva os textos num pen drive, imprime-os na sala da OAB e protocola as folhas no cartório. Depois, funcionários do Judiciário digitalizam novamente o conteúdo e destroem as impressões. "É melhor fazer isso do que esperar que o sistema funcione. Não dá para confiar", disse.

Para o juiz Alberto Anderson Filho, assessor de Informática do TJ-SP, o problema está na resistência dos advogados em aderir ao sistema. A juíza diretora do fórum digital, Teresa Cristina Antunes, admite os problemas, mas não sabe quando serão resolvidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.