TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO
TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

Nível do Cantareira se mantém estável; outros cinco reservatórios registram queda

Maior reservatório de São Paulo está com 6,6% da capacidade total; previsão do tempo aponta possibilidade de pancadas de chuva

O Estado de S. Paulo

11 Janeiro 2015 | 16h04

SÃO PAULO - A capacidade do Sistema Cantareira se manteve estável deste sábado para domingo, 11, em 6,6%, já levando em conta a utilização da segunda cota do volume morto. O reservatório é o maior da Grande São Paulo, sendo responsável atualmente pelo abastecimento de 6,5 milhões de pessoas. 

De acordo com dados oficiais da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), dos seis mananciais mais importantes da região, apenas o Cantareira não teve queda. Os outros cinco registraram perda em sua capacidade de armazenamento de água. 

São eles: Alto Tietê, que tinha 11,6% ontem e hoje está com 11,4%; Guarapiranga, cujo nível passou de 39,7% para 39,5%; Alto Cotia, que estava em 30,6% e agora chegou a 30,3%; Rio Grande, que perdeu 0,3%, chegando a 70,6%; e Rio Claro, que passou de 28,3% para 27,9%.

A previsão é de chuva no fim da tarde de hoje na capital, devido ao forte calor, mas de forma moderada. 

Mais conteúdo sobre:
Crise da Água Sistema Cantareira Sabesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.