Nigéria remove favela de 30 mil habitantes

O governo de Lagos, na Nigéria, causou polêmica ao remover uma das maiores favelas da cidade, feita com palafitas. Segundo ONGs do país, mais de 30 mil pessoas estariam desabrigadas - o equivalente a cinco 'Pinheirinhos', comunidade em São José dos Campos que foi removida em janeiro. A ação faz parte de um projeto de urbanização que deverá atingir outras oito favelas e custar US$ 200 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.