Nevoeiro prejudica operações nos aeroportos de Congonhas e Curitiba

Cumbica, em Guarulhos, está aberto tanto para pousos como para decolagens, mas opera por instrumentos

Ricardo Valota e Marcela Gonsalves, do Estadão.com.br,

24 de junho de 2011 | 08h00

São Paulo, 24 - O densa neblina impediu a abertura, que deveria ter ocorrido às 6 horas desta sexta-feira, 24, do aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo.

Pousos e decolagens não ocorreram até as 6h35, horário em que as operações de decolagens foram liberadas, ficando inoperantes as de pousos.

Segundo a Infraero em Congonhas, até as 6h50, ainda não havia informações disponíveis sobre o número de desvios de pousos, que são alternados para Cumbica, em Guarulhos, ou Viracopos, em Campinas.

O aeroporto internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos, opera por instrumentos e está aberto tanto para pousos como para decolagens.

Já o aeroporto internacional Afonso Pena, que atende a região de Curitiba, fechou para pousos desde às 23h55 desta quinta-feira, 23. Por volta das 0h40, ele reabriu para decolagem, mas devido à densa neblina ele permanecia fechado para decolagens por volta das 7h30 desta sexta-feira, 24.

Tudo o que sabemos sobre:
AeroportoCongonhasAfonso Pena

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.