Neva no Sul e tempo só deve melhorar no fim de semana

O sol aparece, mas madrugadas continuarão geladas; no Sudeste, o clima ficará mais ameno a partir de sexta

Elder Ogliari / PORTO ALEGRE, O Estado de S.Paulo

04 de agosto de 2010 | 00h00

A segunda maior onda de frio provocou a primeira queda de neve do ano no Rio Grande do Sul. O fenômeno ocorreu entre 22h40 de segunda-feira e 0h30 de ontem em Cambará do Sul, no nordeste do Estado, e foi qualificado como de intensidade moderada pelo 8.º Distrito de Meteorologia. Na cidade serrana também foi registrada a menor temperatura do dia: -2,3°C.

A temperatura também caiu para abaixo de 0°C em Santana do Livramento (-1,0°C) e Bagé (-1,5°C) e para 0,8ºC em Cruz Alta e 0,2º em Santa Maria.

Em São Paulo, a combinação de ar polar e céu nublado derrubou a temperatura. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a capital paulista teve ontem a segunda tarde mais fria do ano, com máxima de 15,7°C. A menor máxima de 2010, até agora, foi de 15,5ºC em 14 de julho.

Curitiba teve ontem a tarde mais gelada do ano, com máxima de 9°C. Na primeira grande onda de frio do ano, entre 13 e 16 de julho, o Rio Grande do Sul teve quatro madrugadas consecutivas de temperaturas negativas. A mínima foi de -4,9°C em Cambará do Sul, no dia 15.

A previsão é de que o tempo comece a melhorar na sexta-feira no Sul e Sudeste. O sol aparece, mas ainda faz frio, principalmente de madrugada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.