Neto mata avô por causa de videogame

O aposentado Catão Ferreira dos Santos, de 71 anos, foi morto, no fim da noite de anteontem pelo neto, Edilson Silva Santos, de 25 anos, na chácara onde os dois viviam, em Mairiporã, Grande São Paulo. Viciado em drogas, Edilson, segundo a polícia, resolveu atacar o aposentado ao se irritar com um problema apresentado no videogame que jogava. Após cortar a garganta da vítima, o assassino arrancou o coração do avô e deixou ao lado do corpo. O criminoso, aparentemente lúcido, segundo a PM, foi autuado em flagrante.

, O Estado de S.Paulo

06 Janeiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.