Neblina melhora e Congonhas reabre para pousos

Nove aterrissagens acabaram sendo desviadas para outros aeroportos; duas viagens atrasaram

Paulo Zulino, do estadao.com.br,

18 de junho de 2008 | 10h06

 O Aeroporto de Congonhas, na zona sul paulistana, abriu para pousos às 9h04 desta quarta-feira,18, depois de permanecer fechado para esse tipo de operação desde a abertura, às 6 horas. O motivo foi o denso nevoeiro que atingiu a razão e prejudicou a visibilidade. De acordo com a assessoria de imprensa da Infraero em Congonhas, em razão dessa situação, nove aterrissagens acabaram sendo desviadas para outros aeroportos, sendo sete para Cumbica, em Guarulhos, e dois para Confins, Minas Gerais. Até 9 horas, dos 53 vôos previstos, dois atrasaram 30 minutos ou mais e um sofreu cancelamento. Já o Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro, em Cumbica, Guarulhos, seguia funcionando com o auxílio de instrumentos para pousos e decolagens, às 9h45, também por causa da névoa.   Entre zero hora e 9 horas, dos 57 vôos programados, seis atrasaram meia hora ou mais e sete foram cancelados. No fim da madrugada, três vôos que estavam programados para Cumbica foram remanejados para outros aeroportos, sendo dois para Viracopos, em Campinas, e um para o Galeão, no Rio. Ao mesmo tempo, porém, o aeroporto acabou recebendo oito vôos marcados para outros aeroportos, sendo sete de Congonhas e um de Viracopos.

Tudo o que sabemos sobre:
neblinaaeroportos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.