Neblina fecha Aeroporto de Congonhas para pousos

Também por causa de forte nevoeiro, Cumbica opera por instrumentos

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

20 de julho de 2007 | 09h47

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, está fechado para pousos desde às 7 horas desta sexta-feira, 20, em razão da forte neblina que predomina no local. De acordo com a assessoria de imprensa da Infraero, as decolagens ocorrem normalmente.   Como a decisão de aterrissar em outro aeroporto ou retornar ao local de origem cabe exclusivamente ao piloto, a Infraero não soube dizer quantos vôos foram alternados para outros aeroportos. Das 6 às 7 horas, dos 20 vôos programados, quatro foram cancelados. Não houve registro de atrasos superiores a uma hora.   Já o Aeroporto Internacional de Guarulhos (Cumbica) opera por instrumentos tanto para pousos como para decolagens também pelo forte nevoeiro. Segundo a assessoria de imprensa da Infraero, o aeroporto não chegou a fechar. Desde zero até 7 horas, dos 65 vôos previstos, 27 tiveram atrasos maiores do que uma hora. Outros cinco foram alternados para o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. Não foi informado o número de vôos cancelados.

Mais conteúdo sobre:
Aeroportos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.