Neblina e fumaça geram engavetamento de 10 veículos em SP

Acidente na Rodovia Antonio Romano Schincariol, em Tatuí, deixou uma pessoa morta e outras duas feridas

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

11 de julho de 2008 | 17h22

A neblina misturada com a fumaça de uma queimada causou uma seqüência de colisões na manhã desta sexta-feira, 11, na Rodovia Antonio Romano Schincariol (SP-127), em Tatuí, na região de Sorocaba. O engavetamento envolveu dez veículos - seis caminhões, três automóveis e uma caminhonete - e deixou uma pessoa morta e duas feridas.   A fumaça provinha de uma queimada, a 200 metros da margem da estrada. No trecho de baixada havia também muita neblina. Uma carreta carregada com ração bateu na traseira de um caminhão baú. O motorista da carreta, Roberto Foltran, disse que ao entrar na neblina até seus óculos ficaram embaçados. Outros dois caminhões bateram na seqüência. O motorista Adelson Alegre, que estava no veículo da frente, tirou a camisa e passou a agitá-la fora da cabine na tentativa de evitar novas colisões.   O motorista Roberley Alves, que vinha atrás num caminhão-cegonha carregada de automóveis, conseguiu frear, mas foi atingido na traseira por um automóvel. Em seguida, um automóvel Fiat colidiu com uma camionete. A mulher que dirigia o carro foi retirada das ferragens pelo Corpo de Bombeiros e levada para a Santa Casa de Tatuí.   Na outra pista, um Fiat Uno atingiu em cheio um caminhão carregado de cana de açúcar que entrada na rodovia. Luiz Gustavo Franca Camargo, que estava no carro, morreu na hora. Outro passageiro do automóvel, Paulo César de Almeida, sofreu ferimentos. Ele também foi levado para a Santa Casa. De acordo com o bombeiro Daniel Fernandes, a fumaça da queimada tornou a neblina mais espessa. Uma das pistas da rodovia ficou interditada durante mais de três horas para a remoção dos veículos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.