Não se sabe quando pista principal volta a funcionar, diz Decea

Ramon Borges Cardoso, diretor do Departamento de Controle Aéreo (DECEA), disse que não há previsão para a liberação da pista principal do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, interditada desde o acidente ocorrido com o vôo 3054 da TAM na última terça-feira, 17.  "Ainda não temos uma data. Mas a malha sim, na próxima reunião já teremos mais informações sobre a malha", disse, acrescentando que a Anac está autorizando transes diferentes dos que estão atualmente em vigor. Sobre a reforma da pista do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, Ramon Borges Cardoso disse que "não é simplesmente colocar o equipamento e instalar". "Não podemos colocar sete metros de luzes, essas luzes entrariam nos prédios próximos", exemplificou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.