Não basta somente fazer compensação

A compensação ambiental com o plantio de mudas deve ser dimensionada no contexto, de modo a beneficiar ambientalmente a região. O plantio deve ser bem efetuado, levando-se em consideração as características do solo e as espécies arbóreas. Mas também de igual importância é preciso haver um monitoramento permanente para garantir o pleno desenvolvimento ? por parte de um engenheiro florestal ou agrônomo. Não basta somente efetuar a compensação, é preciso que ela se consolide, com acompanhamento constante ? dependendo da espécie, de até um ano.

Análise: Carlos Bocuhy, O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2010 | 00h00

Em muitos casos, é desenvolvido um projeto de educação com a comunidade, que ajuda no monitoramento. Mas não é esse o caso, uma vez que as árvores estão em locais de difícil acesso. A responsabilidade é da empresa. E é importante ressaltar que todas as questões da compensação ambiental devem estar dimensionadas no estudo ambiental, ainda mais em se tratando de uma área tão alterada.

É AMBIENTALISTA E INTEGRANTE DO CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE (CONSEMA)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.