Na zona norte de SP, 388 ônibus continuam estacionados

Cerca de 150 carros da Viação Fênix, que cobrem sete linhas nos bairros de Santana, Horto Florestal, Tucuruvi e Jaçanã estão operando; greve é protesto contra falta de segurança

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

23 de julho de 2010 | 08h26

Cerca de 500 ônibus ficaram paralisados na manhã desta sexta, 23

 

SÃO PAULO - Os 388 ônibus da viação Transcooper continuavam estacionados na garagem da empresa, na zona norte de São Paulo, por volta das 11h30, de acordo com informações da São Paulo Transporte S/A (SPTrans).

 

Motoristas e cobradores das empresas Transcooper e Fênix paralisaram as atividades na madrugada de hoje como protesto contra a falta de segurança na região do Jaçanã. Um micro-ônibus foi parado e incendiado no fim da noite de ontem na região. Ninguém ficou ferido e ninguém havia sido preso até as 8 horas de hoje, segundo a Polícia Militar.

 

Cerca de 150 carros da Viação Fênix, que cobrem sete linhas nos bairros de Santana, Horto Florestal, Tucuruvi e Jaçanã, na zona norte de São Paulo, voltaram a circular por volta das 6h30, segundo a SPTrans.

 

A Transcooper atende a 31 linhas nos bairros de Santana, Tucuruvi, Horto Florestal e Jaçanã, segundo a SPTrans. Ainda não há informações sobre quantos usuários foram prejudicados nesta manhã. O Plano de Apoio Entre Empresas Frente a Situações de Emergência (Paese) continua.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.