Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Na volta do feriado, 8 rodovias de São Paulo tem lentidão

Rodovia Castelo Branco tinha 13 km de congestionamento; na via Dutra havia quatro pontos de morosidade

Elvis Pereira, do estadao.com.br,

21 de abril de 2008 | 19h03

Oito rodovias usadas por quem retorna do interior e do litoral paulista acumulavam pontos de congestionamento no início da noite desta segunda-feira, 21, feriado de Tiradentes, em razão do excesso de veículos. Na Castelo Branco, havia 13 km de morosidade, de Mairinque a São Roque. As vias Anhangüera e Bandeirantes tinham 5 e 6 km de lentidão, respectivamente, na região de Jundiaí. Na Bandeirantes, também eram registrados 2 km de tráfego pesado na chegada à capital.   A Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio, reunia quatro pontos de engarrafamento. Dois eram em São José dos Campos, do km 144 ao 147 e entre os km 152 e 155. Em Arujá, o congestionamento ocupava os trechos do km 200 e 208, no sentido São Paulo, e do km 197 ao 196, no sentido Rio. Este último era resultado de um ponto de alagamento na via.   Na Carvalho Pinto e Ayrton Senna, o movimento era intenso, mas apenas a segunda tinha um ponto de parada: do km 23 ao 37, de Itaquá a Guarulhos.   Com visibilidade parcial e neblina no topo de serra, o Sistema Anchieta-Imigrantes acumulava quatro trechos de congestionamento: do km 40 ao 35 da pista norte da Imigrantes e entre os km 70 e 65, em São Vicente, na região dos semáforos; entre os km 292 e 285 da Padre Manuel da Nóbrega; e do km 250 ao 262 da Cônego Domênico Rangoni.   Até as 18 horas, dos 217 mil veículos que viajaram para a Baixada Santista neste feriado, 172 mil já haviam retornado, sendo 7.431 deles na última hora.   Nas rodovias Raposo Tavares, Fernão Dias e Regis Bittencourt, a circulação era intensa, contudo não resultava em pontos de parada. Segundo as Polícias Rodoviária Federal e Militar Rodoviária, não houve acidentes graves nas últimas horas.

Tudo o que sabemos sobre:
trânsitoestradasrodoviasTiradentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.