Na V. Madalena, loja tinha droga em chuveiros

O mestre de obras José Jovani Fonteles, de 42 anos, foi preso pela Polícia Militar anteontem à noite, acusado de tráfico de drogas e corrupção ativa. Segundo a PM, na loja onde oferecia serviços de pedreiro, pintor, eletricista e encanador, na esquina das Ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, ele também vendia maconha para frequentadores de bares e baladas da região.

O Estado de S.Paulo

12 Outubro 2011 | 03h02

Dentro de dois chuveiros elétricos, encontrados com outros objetos de reparo nas prateleiras da loja, havia 64 porções de maconha, o equivalente a 108 gramas da droga. O usuário tinha de dizer a senha "Charlie" para comprar drogas na loja.

O tenente Thiago Fernando Soares, da Força Tática do 23.º Batalhão, disse que a PM recebeu denúncia anônima sobre a loja de Fonteles, que teria ajuda de um casal - o homem e a mulher prestaram depoimento no 14.º DP e foram liberados.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o mestre de obras ofereceu R$ 100 para os policiais "esquecerem o caso", prometendo que daria mais dinheiro. Fonteles, então, recebeu voz de prisão por corrupção ativa. / GIO MENDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.