Na TV americana, série de ação policial faz 21 anos

A novidade tecnológica a ser lançada nas viaturas da polícia de São Paulo abre uma fonte ainda maior de imagens para programas de TV que já se abastecem do universo do crime. Além dos noticiários diários ávidos pelo gênero, como SP Record, Brasil Urgente, de José Luiz Datena, na Band, e Boletim de Ocorrência, do SBT, dois programas semanais que se anunciam como reality show fazem boa audiência com cenas devidamente autorizadas pela Secretaria da Segurança Pública de São Paulo: o Polícia 24 Horas, na Band, e o Operação de Risco, na RedeTV!.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2010 | 00h00

Nos EUA, os policiais vivem há 21 anos em uma série de ação. Com COPS, policiais, detetives, investigadores e delegados viraram astros de TV, mas também ganharam fiscalização 24 horas. COPS é o segundo programa mais duradouro da TV americana e também usa imagens captadas por câmeras instaladas dentro de viaturas policiais. O programa é alvo constante de críticas por sempre mostrar crimes em bairros pobres americanos. Afinal, roubos e furtos representam mais ação do que crimes de colarinho branco.

O filão é tão rentável que o grupo Turner trouxe para o Brasil recentemente o canal TruTV, composto só por imagens de bombeiros, laboratórios antidrogas e, claro, polícia, muita polícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.