Na rotina de surpresas, até check-up do U2

Com formação na Academia Nacional do FBI e acostumado a imprevistos, o delegado Mauro Marcelo de Lima e Silva foi um dos poucos a saber que um dos integrantes do U2 foi a um hospital fazer um check-up de emergência antes do show, no início do ano. "Isso foi decidido na última hora", diz. Ou que o vencedor da Indy em São Paulo, o piloto Wil Power, foi a uma reunião inesperada e o esquema de segurança foi montado em minutos.

Luísa Alcalde, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2011 | 00h00

Os comandados do coronel Carlos Savioli também têm história. O cabo Túlio, por exemplo, estava no show do ex-beatle Paul McCartney, no Morumbi, em 2010. "Ele fez questão de tirar foto com o batalhão. Foi simpático." Um dos momentos mais tensos para o coronel foi o jogo entre São Paulo e Internacional, na Libertadores de 2010. "Uns 400 torcedores do Inter compraram ingressos no meio dos são-paulinos. Tivemos trabalho."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.