Na neblina, passar de 40 km/h na Imigrantes rende multa

Começa hoje a aplicação de multas para motoristas que ultrapassarem os 40 km/h em períodos de neblina nos trechos de serra no Sistema Anchieta-Imigrantes. Quando a visibilidade dos condutores for igual ou menor que 100 metros, luzes passarão a piscar nas placas com limite de velocidade e os radares passaram a captar quem ultrapassar esse limite.

O Estado de S.Paulo

16 Março 2012 | 03h07

A iluminação de segurança já vinha sendo utilizada, e é acionada pelo Centro de Controle Operacional da Ecovias, concessionária que administra o sistema. Já as penalidades haviam sido anunciadas 30 dias atrás - a multa pode ser grave ou gravíssima, dependendo da velocidade registrada.

Outra mudança é que os veículos pesados serão proibidos de subir a Rodovia dos Imigrantes em períodos de neblina, podendo usar apenas a Anchieta. Os que já estiverem na Imigrantes quando a neblina aumentar terão de se conservar na faixa direita, sob risco de serem autuados por infração média. Um novo tipo de radar, instalado na altura no km 48 da Imigrantes, consegue captar a presença de caminhões e ônibus justamente na faixa esquerda.

As mudanças foram motivadas por por um megaengavetamento no dia 15 de setembro do ano passado, envolvendo 300 veículos. O acidente, causado pela forte neblina, deixou um morto e 29 feridos.

A Polícia Rodoviária ainda vai ampliar a fiscalização e também a orientação dos motoristas. "Atuamos dentro dos comboios, que acontecem sempre que há forte neblina", explica o tenente Rodrigo Franco de Souza. De acordo com ele, entre outras condutas perigosas, as ultrapassagens , proibidas na neblina, serão fiscalizadas.

Sinalização. Para minimizar o risco de novos acidentes de grandes proporções, foram instaladas 138 placas educativas, 73 mil sinais reflexivos de solo (olhos de gato) e um novo painel eletrônico na altura do km 49 da Imigrantes. Entre o entre o km 45 e o km 46 da rodovia, foi instalada iluminação especial de LED. Desde o ano passado, a velocidade do trecho de serra da Imigrantes (do km 39 ao km 56,3) já havia sido reduzida de 120 km/h para 100 km/h. /ARTUR RODRIGUES

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.