Na mesma região, bairros estão em área preservada

Do lado oposto ao Jardim Novo Portugal, outros dois bairros vizinhos do Aeroporto de Guarulhos têm ao todo mais de 5 mil famílias que também devem ser removidas. O problema do Jardim Marilena e do Jardim Planalto era ficar bem no lugar onde a Infraero pretendia construir uma terceira pista para Cumbica. O projeto foi abandonado e substituído por uma reforma nas pistas já existentes - e a vizinhança voltou à tranquilidade.

O Estado de S.Paulo

27 Novembro 2011 | 03h03

Em julho, porém, o Ministério Público Estadual (MPE) entrou com uma ação contra a prefeitura de Guarulhos para obrigá-la a remover essas famílias, sob alegação de que estariam em Área de Proteção Permanente (APP). A vendedora Paula Valéria Diaz, de 30 anos, comprou o terreno e começou a construir no Jardim Planalto quando se deparou com uma placa da prefeitura dizendo que o bairro era irregular. "Por que não avisaram antes?", questiona.

Ela e outros 600 moradores fizeram um abaixo-assinado contra a remoção, entregue semana passada ao prefeito Sebastião Almeida (PT). "Para construir pista, podia. Para moradia, é área de proteção?", diz Almeida. / N.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.