Na internet, várias comunidades exaltam os 'pegas'

No site de relacionamentos Orkut, diversas comunidades reúnem milhares de seguidores em busca do que chamam de "adrenalina em alta velocidade". Ou dos que "não resistem dar aquela acelerada nas avenidas prolongadas da cidade".

Damaris Giuliana, O Estado de S.Paulo

21 de julho de 2010 | 00h00

Além de debater características de motores, jovens contam com quais carros e onde chegaram a 220 km/h ou 230 km/h em suas "aventuras" por diversas cidades do País e em rodovias. A maior comunidade sobre o tema, chamada Racha na Veia, reunia, até as 23 horas de ontem, 108.303 seguidores, enquanto a comunidade Racha É Crime contava com 5.380.

O "pega" parece fazer parte da vida de quem frequenta a comunidade Turbo É Arte, Racha Faz Parte. E quanto mais arriscado melhor. Pelo menos é o que demonstram alguns dos 10.108 seguidores da Racha Tem Que Ser Deitado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.