Na Grande SP, total de pegos no bafômetro aumentou 710%

A Grande São Paulo acompanhou a tendência de alta das rodovias e, em um ano, teve aumento de 710% no número de motoristas flagrados pelo bafômetro. Foram 475 infratores no primeiro semestre de 2010 e 3.849 de janeiro até 4 de junho deste ano.

Renato Machado e William Cardoso, O Estado de S.Paulo

12 Julho 2011 | 00h00

Na capital, também houve crescimento, embora menos acentuado que nas demais regiões do Estado (66%). A polícia flagrou 3.309 motoristas bêbados entre janeiro e o começo do mês passado, contra 1.993 nos primeiros seis meses de 2010.

Segundo o chefe do setor de planejamento e operações da PM, capitão Cassio Araújo de Freitas, as regiões com intensa vida noturna, como a Vila Madalena, na zona oeste, o Bexiga, no centro, e as Avenidas Luís Inácio de Anhaia Melo, na zona leste, e Luiz Dumont Villares, na zona norte, continuam a concentrar o maior número de autos de infração. Isso ocorre também por serem alvos mais frequentes da fiscalização. "Quando os motoristas percebem que há uma operação, eles preferem não beber a se expor ao risco de serem pegos. Tem a prevenção e o papel educativo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.