Na folia baiana, hits com letras de duplo sentido

De danças coreografadas a sátiras de super-heróis, bandas disputam as caixas de som para tentar repetir sucesso do É o Tchan na década de 1990

Tiago Décimo, O Estado de S.Paulo

06 Março 2011 | 00h00

Todo ano, as principais estrelas do carnaval de Salvador preparam músicas para lançar pouco antes da folia e tentar contagiar os circuitos. Fazer sucesso nos seis dias de festa na cidade significa ganhar projeção nacional do trabalho durante o ano - e atrair contratos para shows e participações em micaretas pelo País.

Neste ano, as músicas mais executadas no carnaval de Salvador devem ser de grupos novatos, que nunca desfilaram nos circuitos da cidade. A LevaNóiz representa o pagode baiano, marcado por letras de duplo sentido, que ficou conhecido no Brasil na década de 1990 pelo grupo É o Tchan.

A música de trabalho do grupo, Liga da Justiça, foi a mais tocada durante o verão da cidade. Ela conta a história de um ataque bem sucedido de supervilões dos quadrinhos contra os heróis Superman e Mulher Maravilha.

Aí, diz o refrão, criado pelos compositores Jota Teles e Márcio Victor: "Liga da Justiça toda dominada / Agora só tem uma saída / Foge, foge, Mulher-Maravilha / Foge, foge com o Superman", para depois emendar "você é minha maravilha / eu sou seu Superman".

"O povo gosta de sacanagem", diz Teles, orgulhoso. O sucesso da canção resgatou a tradição das fantasias e aproveitou as tendências de moda na cidade. Como a Mulher Maravilha, as jovens têm usado headbands e microshorts.

A principal concorrente da Liga da Justiça parece ser o forró Minha Mulher Não Deixa, Não, do grupo pernambucano Reginho e Banda Surpresa. Após fazer sucesso na internet, desde o fim do ano passado a canção ganhou as paradas baianas e adaptações de cantores famosos. Ivete Sangalo deve ser uma das intérpretes a cantar a música. O recente acidente com o ônibus da banda em Jeremoabo, no norte baiano, no dia 24, que resultou na morte do baixista Lenine Castro dos Santos Filho, fez com que outros artistas passassem a incorporar o hit ao repertório, como homenagem.

A própria Ivete vem para o carnaval com duas músicas: Acelera Aê e Desejo de Amar, que têm o típico ritmo acelerado das percussões das micaretas. Correm por fora a banda Parangolé, que emplacou o Rebolation em 2010, e o grupo Psirico. A primeira tenta repetir o sucesso com Tchubirabiron. A segunda, com a música Chupeta, praticamente não dá margem ao duplo sentido, pela letra quase explícita.

TRECHOS

"Superman ficou fraco/ O Pinguim jogou kriptonita/ Lex Luthor e Coringa/ Roubaram o laço da Mulher Maravilha/ Liga da Justiça toda dominada/ Agora só tem uma saída/ Foge, foge, Mulher Maravilha/ Foge, Foge com o Superman/ Você é minha Maravilha/ Eu sou seu Superman/ No swing aqui do Leva" (Liga da Justiça - LevaNóiz)

"Ei, tu quer beber?/ Quero Não/ Não quer por quê? Por nada, não/ Tu quer fumar?/ Hum, hum/ Não quer por quê? Vou não, quero não, posso não/ Minha Mulher não deixa não" (Minha mulher não deixa, não - Reginho e Banda Surpresa)

"Nesse lance, vou nesse ritmo/ Tudo pode rolar/ Já sei onde vou nessa onda/Tô doido a fim de dançar/ Solta o som pra animar a noite, DJ/ Todo mundo ligado na noite do bem" (Aceleraê - Ivete Sangalo)

"Pra frente, pra frente/ Cintura, cabeça/ Tchubirabiron/ Que dancinha legal/ Todo mundo vai fazer/ Neste carnaval / Eu sei que vai ferver/ Você quer, tome aí/ Swingueira pra mexer/ Pega na cabeça e vai / Eu sei que você quer/ Sei que você tá querendo/ Pega na cintura e vai" (Tchubirabiron - Parangolé)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.