Na chegada da Primavera, Heliópolis terá chuva de pétalas

Quase um mês depois do tiroteio que causou a morte de uma estudante, evento chama atenção à paz

22 de setembro de 2009 | 12h52

Para comemorar a chegada da Primavera, que começa às 18h18 desta terça-feira, 22, a Favela de Heliópolis terá uma chuva de pétalas às 17 horas. Um helicóptero vai soltar 27 mil botões - o equivalente a 2.250 dúzias de flores - sobre a maior favela de São Paulo. O evento é promovido pela Expoflora e acontece quase um mês após confrontos na comunidade, depois que uma estudante foi morta durante um tiroteio.

 

Antes da chuva de pétalas está marcado, para às 16 horas, um ato contra a violência na comunidade. A concentração acontece na Rua Coronel Silva Castro, 58, de onde o grupo deve partir até a Rua Cônego Xavier, onde as pétalas vão cair a partir do helicóptero.

 

Conflito

 

A morte da jovem causou protestos na maior favela de São Paulo no começo de setembro. Os guardas civis envolvidos no caso, Edson Damião Estevam, Luziel Pereira da Costa e Vicente Pereira Passos, foram afastados das funções e um processo administrativo foi aberto para apurar o tiroteio que causou a morte da jovem. Os três guardas tiveram as armas apreendidas para perícia. Os GCMs afirmaram que perseguiam um grupo que havia roubado um carro.

 

Por causa da morte de Ana Cristina, os moradores fizeram protestos, ateando fogo em carros, ônibus e depredando outros veículos. A adolescente voltava do colégio quando foi atingida pelo disparo. O namorado dela disse que Ana Cristina iria sair de São Paulo para viver com ele em Carapicuíba, na Grande São Paulo.

 

Segundo a PM, o segundo protesto feito por alguns moradores do local teria uma recompensa: alguém distribuiu avisos que os participantes iriam receber uma cesta básica caso colaborassem. A PM reforçou o policiamento no local e, durante o protesto, 21 pessoas envolvidas foram presas.

Mais conteúdo sobre:
PrimaveraHeliópolis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.